Sandman no Netflix

217

Há anos Sandman– criação máxima de Neil Gaiman para os quadrinhos adultos da DC– tenta sair do papel e aparecer nas telonas. Quase rolou várias vezes, com tentativas de diversos profissionais, incluindo Joseph Gordon-Levitt que pretendia atuar e dirigir o filme para cinemas. A New Line, braço da Warner, fez várias tentativas, mas esbarrava na complexidade do projeto em transformar o universo extremamente detalhado em um longa de duas e poucas horas. Com o tempo a coisa foi perdendo força, mas sempre tinha alguém trabalhando em alguma tentativa.

Agora a Netflix fechou um acordo milionário para levar a cria de Gaiman para um projeto especial e caro- já se fala em ser o mais ambicioso do serviço de streaming. Neil Gaiman entra como produtor-executivo. Allan Heinberg dos quadrinhos Jovens Vingadores e do roteiro da Mulher-Maravilha, assume os textos e irá trabalhar como showrunner. David Goyer (de Batman Begins) também entra como produtor. Ainda não há datas para nada e nem uma confirmação oficial, mas logo tanto Warner como Netflix devem soltar o comunicado.

Sandman foi criado por Neil Gaiman, Sam Kieth e Mike Dringenberg. Foi editado de 1989 até 1996 somando 75 edições. Grandes nomes como Dave McKean, Malcolm Jones III, Kelley Jones, Jill Thompson, Marc Hempel, Michael Zulli, Charles Vess, entres outros passaram pelo título encrustando suas artes. No Brasil passou pela editora Globo, Atitude, Pixel, Conrad e agora está na Panini.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here